COMPARTILHAR

Em entrevista, nessa terça-feira (07), o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado Adriano Galdino (PSB), falou sobre a sua relação com o Governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), além de explicar a respeito da implantação do orçamento impositivo.

De acordo com Adriano, apesar de muitos falarem e até afirmarem que sua relação com João Azevêdo foi a afetada pela diferença de opiniões, não existe nenhum tipo de divergência entre os poderes Legislativo e Executivo do Estado.

– O meu papel como presidente da Assembleia Legislativa é de sempre buscar o diálogo e o consenso com o Executivo, com o Governador. – confirmou.

Quando questionado sobre a implantação da emenda impositiva, mesmo após o Governador afirmar que as mesmas são inviáveis, o presidente afirma que irá tentar convencer João Azevêdo.

O governador em entrevista recente explicou que pelo menos não neste momento, conforme querem os deputados, a emenda não tem possibilidade de ser implantada.

– A PEC da emenda impositiva irá para plenário só após a conversa e o consenso com o executivo. É algo que envolve recursos altíssimos, do jeito que está aí R$150 milhões e que podem vir a comprometer serviços essenciais do Governo, como também programas especiais, mas o movimento é legítimo e é nacional – explicou Adriano.

O deputado disse que seguirá buscando diálogo com o governo para que mediante as possibilidades do Estado e com as vontades dos deputados, se possa encontrar uma decisão consensual, que é a aprovação da emenda impositiva.

*As informações foram veiculadas na Rádio Arapuan FM.

Fonte: Paraíba Online

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here